Pela primeira vez, mais da metade da zona rural e classes mais baixas têm acesso à internet, diz pesquisa

10 principais tendências tecnológicas para 2020, segundo a Gartner
3 de janeiro de 2020
Facebook é condenado a pagar R$ 16 mil a usuário que teve WhatsApp clonado
27 de maio de 2020

Pela primeira vez, mais da metade da zona rural e classes mais baixas têm acesso à internet, diz pesquisa

Segundo levantamento TIC Domicílios, 57% da população entre as classes D e E estava conectada em 2019. Na zona rural, 53%. Pela primeira vez, mais da metade das pessoas que estão nesses dois grupos afirmou ter acesso à rede.

Celular é o principal meio de acesso nas casas que possuem serviço de internet — Foto: Caio Fulgêncio/G1

Celular é o principal meio de acesso nas casas que possuem serviço de internet — Foto: Caio Fulgêncio/G1

O acesso à internet nas residências brasileiras cresceu em 2019, com 74% da população já conectada, segundo a pesquisa TIC Domicílios, que afere informações sobre conexão à internet no país. Em 2018, o percentual da população que se dizia conectada era de 70%.

Com o avanço do indicador, agora são 133,8 milhões de usuários de internet no Brasil, apontou a pesquisa divulgada nesta terça-feira (26). O levantamento, um dos principais no país, é feito todos os anos pelo Centro Regional de Estudos para o Desenvolvimento da Sociedade da Informação (Cetic).

Os dados foram compilados antes da pandemia de coronavírus e não refletem ainda as mudanças no uso da rede que aconteceram a partir da segunda quinzena de março. O levantamento colheu informações em 23.490 domicílios, com mais de 20 mil pessoas.

Entre as classes mais baixas (D e E), 57% da população está na internet. O indicador também cresceu na região rural, com 53% das pessoas conectadas. Pela primeira vez, mais da metade da população desses dois indicadores tem acesso à internet.

Fonte: TIC domicílios

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *